Programas

Como escolher curso no Sisu e conseguir uma vaga em universidade federal no Brasil

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um dos principais métodos de entrada nas universidades federais brasileiras. Depois de ter passado mais de 5 horas  para completar as 180 questões objetivas do ENEM e mais uma redação de 30 linhas (sem contar os resumos, rascunhos e estudos). Está mais do que na hora de usar a sua nota para passar no seu curso dos sonhos.

E se você não sonha com nenhum curso está tudo bem porque a indecisão é quase uma alma gêmea da adolescência, quem dirá dos vestibulandos.

Além das dicas vocacionais e de psicólogos que podem te ajudar a encontrar um rumo profissional, navegar pelo site do Sisu em tempos de inscrição vai te fazer abrir os olhos para várias oportunidades de estudar em diferentes locais do Brasil sem pagar 1 real na mensalidade.

Ao todo são cerca de 130 mil universidades e instituições de ensino cadastradas no sistema e que abrem o processo seletivo para os candidatos que tenham feito o ENEM, tirado pelo menos 480 pontos na prova (a média nacional) e que não tenham zerado a redação.

Sisu

Como se candidatar

Para se candidatar às vagas é preciso fazer a inscrição no site do oficial. Se precisar de uma ajuda há um tutorial completo em inscricoessisu2019.com.br. Lá você poderá entender o passo a passo a passo dos cliques para não acabar fazendo besteira na hora de completar as informações ou acabar perdendo prazos importantes.

Como pesquisar cursos

O sistema de seleção unificada é um dos poucos programas que possibilita candidatar-se para dois cursos simultaneamente. No caso do Sisu é chamado de primeira e segunda opção. Assim, se não passar na primeira ainda poderá participar da lista de espera e conseguir uma vaga na cadeira numa universidade federal.

Ao clicar em “selecionar curso” o estudante poderá optar pela cartela disponível no sistema de seleção e poderá filtrar pelo Estado, Nome da Instituição ou o Nome do Curso. Assim dá para saber onde conseguir fazer um curso de direito nas principais universidades do país ou somente dentro do seu estado, por exemplo.

Todos os dias durante o período de inscrição são divulgadas as notas de corte que variam conforme cada curso e instituição. Assim, o candidato também tem um prazo a mais para saber qual será o curso definitivo que irá se inscrever.

Dá para mudar de ideia da primeira e segunda opção de curso até o último minuto do prazo de inscrição. Assim que a data passar o site fica congelado e deverá mostrar uma semana depois os resultados do processo seletivo.

Lista de espera e vagas remanescentes

Quem não passar de primeira pode ainda manifestar o desejo de fazer parte da lista de espera. Lá será possível participar de mais um processo para ocupar as vagas de desistência ou cadeiras em aberto dos cursos de graduação e formação superior.

No meio do ano sai o resultado da segunda chamada e das vagas remanescentes,  e esse é a última divulgação de selecionados no processo seletivo do Sisu.

Para acompanhar todo o processo com mais facilidade é indicado fazer o download do aplicativo do Sisu e também do Ministério da Educação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *